Conexões

Conexões

Construindo Conexões

Para que o ACRAA tenha sucesso em seus objetivos, alianças devem ser construídas, entre vários grupos e organizações locais, nacionais e internacionais. Isso inclui grupos indígenas locais, universidades, instituições públicas, ONGs, grupos comunitários e pessoas que se interessem pela causa.

Buscaremos realizar projetos juntamente com as instituições de ensino da região e de outras localidades, que se interessem pelos projetos do ACRAA. Projetos de reflorestamento e agroflorestais serão coordenados juntamente com estas instituições. No projeto “Escola de Campo de Reflorestamento Tropical”, esta conexão com as universidades nacionais e internacionais será fundamental para sua realização, já que buscaremos criar um centro de ensino prático onde os alunos destas instituições realizarão cursos e vivencias em parceria com o ACRAA.

São 13 etnias indígenas na região de Santarém, onde buscaremos nos conectar com cada uma em projetos diversificados. Em relação aos grupos indígenas, os Borari são uma etnia de Alter do Chão e arredores. Detentores de uma cultura milenar, desejamos combinar este conhecimento adquirido em anos de experiência com novas técnicas ecológicas. Procuraremos utilizar guias dessas etnias para auxiliar em nossas excursões de coleta de sementes, nas expedições do nosso projeto “Turismo de Reflorestamento” e no manejo florestal.

Conectar-se com pessoas, empresas e ONGs do Brasil e de outras partes do mundo é muito importante para o avanço de nossos projetos e ideais. Para tanto, o ACRAA está utilizando as mídias sociais, comunicação digital e outras tecnologias para aproximar as pessoas ao ACRAA e as atividades realizadas por nós.

Buscaremos sinergias em diferentes lugares por diferentes meios para que, unidos na causa do reflorestamento, consigamos deixar ente mundo “mais verde e menos quente”.

pt_BRPortuguês do Brasil